NO AR

Musical

Com: ..
Horário: Das 20hs às 00hs
TOP MÚSICA
  • 1
    SIMONE E SIMARIA

    SIMONE E SIMARIA

    LOKA
  • 2
    HENRIQUE E JULIANO

    HENRIQUE E JULIANO

    VIDINHA DE BALADA
  • 3
    MAIARA E MARAISA

    MAIARA E MARAISA

    SORTE QUE CÊ BEIJA BEM
  • 4
    EDUARDO COSTA

    EDUARDO COSTA

    FORRÓ E PAIXÃO
  • 5
    MARILIA MENDONÇA

    MARILIA MENDONÇA

    EU SEI DE COR
PEÇA SEU SOM
Nome:

Email:

Cidade / UF:

Pedido:

Por medida de segurança, digite os 5 dígitos
do código exibido abaixo

3gqam
 

Notícias » Notícias

21 de Dezembro de 2015
Avião do Bradesco está enterrado a 5 metros de profundidade, diz Cenipa
Vídeo mostra aeronave ainda em chamas e dentro de 'cratera'; assista. Dois executivos do banco e pilotos morreram no local do acidente.
Clique para ampliar

O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) informou que a maior parte do avião do Bradesco que caiu próximo à divisa de Goiás com Minas Gerais está “enterrada a cinco metros de profundidade”. Desde o início da manhã desta quarta-feira (11), investigadores trabalham no local do acidente, que matou dois executivos do banco, piloto e copiloto.

A aeronave caiu no início da noite de terça-feira (10). O jato decolou do aeroporto de Brasília às 18h39 com destino a São Paulo, mas desapareceu dos radares do controle de tráfego às 19h04. O avião caiu em uma fazenda que fica entre o distrito de Santo Antônio do Rio Verde, município de Catalão, no sudeste de Goiás, e a cidade de Guarda-Mor, em Minas Gerais. O Bradesco lamentou a tragédia.

Passageiros e tripulantes não resistiram aos ferimentos. O acidente causou a morte do vice-presidente do banco e presidente da Bradesco Seguros, Marco Antônio Rossi; do presidente do Bradesco Vida e Previdência, Lúcio Flávio de Oliveira; do piloto Ivan Morenilla Vallim; e do copiloto Francisco Henrique Tofoli Pinto.

O delegado regional de Paracatu, Edson Rogério de Morais, disse que a Polícia Técnico-Científica já começou a atuar no local para fazer a retirada dos corpos. "Agora vamos tentar retirar o avião de dentro da terra para facilitar a remoção dos corpos. Ainda é prematuro, mas acreditamos que existam corpos na parte do avião que está soterrada. Os corpos serão levados para o IML de Belo Horizonte, pois só lá é possível fazer exames mais complexos”, afirmou.

Cratera
O gerente da fazenda, Fábio Henrique Farias se dirigiu ao local do acidente logo após a queda e filmou a área. O vídeo mostra que uma cratera se abriu onde a aeronave caiu(veja vídeo abaixo). As imagens mostram partes da fuselagem ainda em chamas dentro do buraco.

"Quando caiu, o avião abriu uma cratera de 5 metros de altura por 6 de largura. Destroços foram parar a cerca de uns 200 metros", disse Fábio ao G1.

Outra funcionária da fazenda, a auxiliar de serviços gerais Luciana Pereira de Jesus, contou que ouviu o barulho da queda a cerca de 10 km da sede.

"Foi como o barulho de um trovão. Os vizinhos de outras fazendas disseram que viram uma tira de fogo no ar. Alguns funcionários que estão lá avisaram que tem pedaços da aeronave espalhados por todo lado", relatou Luciana.

 


+ NOTÍCIAS


Copyright © 2018 - Radio Cidade Jandaia LTDA