Notícias »

21 de Março de 2013
PM encontra armas irregulares na casa de Hudson; cantor é detido
...
Clique para ampliar

O cantor Udson Cadorini, mais conhecido como Hudson, da dupla Edson e Hudson, voltou a ser detido por porte ilegal de armas e posse de munição de uso restrito na noite desta quarta-feira (20), depois de serem encontradas armas irregulares em sua casa, em um condomínio fechado na cidade de Limeira, no interior de São Paulo.

Hudson já havia sido detido nesta manhã por porte ilegal de armas depois de fazer ameaças à ex-mulher, e foi liberado após pagar fiança de R$ 6 mil.

Segundo informações da polícia de Limeira, a Polícia Militar se dirigiu à residência de Hudson com um mandado de busca e apreensão por volta das 18h30, depois de receber uma denúncia anônima de que haveria mais armas na casa do sertanejo, no condomínio Estância Eldorado.

Os policiais foram recebidos por Hudson. Foram encontradas duas armas: uma carabina de calibre 38 e uma pistola beretta de calibre 22.

A carabina possuía registro, mas este está vencido desde 2010. A beretta não possuía documentação e estava sem carregador. Segundo a polícia, Hudson alegou que a arma não funcionava e que pretendia emoldurá-la em um quadro.

Além disso, foram encontrados no local duas lunetas, dois carregadores da beretta 22, 28 munições de calibre 45 (de uso restrito pela Polícia Militar e das Forças Armadas), uma munição de calibre 32, uma munição de calibre 380 e 152 munições intactas de calibre 22. Também havia cápsulas de munição deflagradas (já utilizadas): 48 cápsulas de calibre 35, sete cápsulas de calibre 22, oito cápsulas de calibre 380 e 116 cápsulas de calibre 38.

Também foi encontrada uma pequena quantidade de maconha, de aproximadamente 2 g, e três deschavadores (utensílio utilizado para esfarelar a maconha prensada).

Hudson foi então levado para o Plantão Policial, onde, depois de ouvir o cantor, o delegado José Tibúrcio decidiu detê-lo por porte ilegal de armas e posse de munição de uso restrito.

O cantor não poderá ser liberado mediante fiança pois já teve este benefício ao ser detido na manhã desta quarta. Após prestar depoimento, o cantor deixou o 1º DP às 5h e foi levado para fazer exame de corpo de delito. Após o exame, ele passou a noite em uma cela da delegacia seccional de Limeira. Neste momento, o músico aguarda a transferência para uma prisão. O advogado do músico entrará com pedido de liberdade provisória. 

À porta da delegacia e algemado, Hudson conversou com jornalistas e diz que tudo não passou de um mal-entendido. "Vou provar minha inocência. isso é apenas um mal-entendido". Quando questionado sobre as munições que são de uso restrito pela Polícia Militar e das Forças Armadas, ele respondeu que foi um presente. Aos fãs, ele disse: "Perdão pelo mal-entendido". Em entrevista à Rede Globo, o advogado  Manoel dos Reis Andrade Neto reforçou a versão do sertanejo sobre as munições calibre 45. "Ele ganhou a munição de um major do exército há 10 anos. Nem lembrava mais dela". 

 


+ NOTÍCIAS


 
NO AR

Jandaia FM

Com: Donizetti Silva
Horário: 08:00 - 12:00
Copyright © 2018 - Radio Cidade Jandaia LTDA