NO AR

Jandaia FM

Com:
Horário: 05:00 - 08:00
TOP MÚSICA
  • 1
    SIMONE E SIMARIA

    SIMONE E SIMARIA

    LOKA
  • 2
    HENRIQUE E JULIANO

    HENRIQUE E JULIANO

    VIDINHA DE BALADA
  • 3
    MAIARA E MARAISA

    MAIARA E MARAISA

    SORTE QUE CÊ BEIJA BEM
  • 4
    EDUARDO COSTA

    EDUARDO COSTA

    FORRÓ E PAIXÃO
  • 5
    MARILIA MENDONÇA

    MARILIA MENDONÇA

    EU SEI DE COR
PEÇA SEU SOM
Nome:

Email:

Cidade / UF:

Pedido:

Por medida de segurança, digite os 5 dígitos
do código exibido abaixo

kn8xj
 

Notícias » Região

30 de Dezembro de 2017
Mulher descobre traição ao visitar marido na UTI em Apucarana
Clique para ampliar

(RTV Canal 38) Um jovem sofreu acidente de motocicleta e foi parar na UTI. Na hora da visita, três mulheres entraram em vias de fato, todas alegando que eram esposas.

O trio amoroso só foi descoberto após o jovem, Luiz Guiilherme de 26 anos, ir parar na UTI – Unidade de Terapia Intensiva, do Hospital da Providência de Apucarana. Segundo informações, ele mantinha relacionamentos com três mulheres. Guilherme é casado com uma jovem de 26 anos, e no dia 18 de dezembro, de 2017, ele sofreu um acidente de motocicleta. O veículo se chocou contra um poste, o deixando gravemente ferido.

Ao ser levado para o Hospital, a mulher que é casada com Guilherme, foi até a Unidade de Saúde, no horário de visita da UTI, para ver o marido, mas lá chegando, como só pode entrar apenas a esposa, deparou com uma situação embaraçosa, ou seja, havia mais duas mulheres reivindicando o direito de o visitar, dizendo que eram amásias do Guilherme.

A primeira das mulheres de 26 anos, tem uma filha de 2,5 anos, com o acidentado e está grávida; a segunda também de 26 anos, afirmou que também está esperando um filho do rapaz.

A confusão se agravou e o caso chegou ao conhecimento do delegado porque a esposa, que é casada de fato com Guilherme, procurou a Polícia Civil, para registrar um boletim e impedir que as outras duas, o visitem na UTI.

A história é tão complexa, que daria uma novela, pois segundo informações, nenhuma das três tinha conhecimento da existência das outras. Na Delegacia, o Delegado Dr. Jacovós, confirmou a existência do boletim de ocorrências. Ele disse que tem fatos muito mais sérios para resolver e não entende como as pessoas procuram a Delegacia para registrar este tipo de ocorrido. Afirmou ainda que não cabe a Polícia cuidar de desavenças particulares desta natureza.


+ NOTÍCIAS


Copyright © 2018 - Radio Cidade Jandaia LTDA